Governador Moisés nomeia 911 professores efetivos para a rede estadual

O governador Carlos Moisés assinou na tarde desta quarta-feira, 9, a nomeação de 911 professores efetivos para a rede estadual de ensino a partir de fevereiro.
Os professores efetivos substituirão ACTs (Admitidos em Caráter Temporário).
“É um processo que vem a somar com a qualidade de ensino. Dessa forma, o professor pode ter uma relação mais estável com o aluno. Nosso objetivo é de incluir aqueles que estão abandonando a escola, trazendo inovação para o ambiente educacional”, disse Moisés.
O edital de convocação traz o nome dos professores chamados e o local de trabalho a partir de 1º de fevereiro, quando tomam posse. Como são mil vagas, os demais serão nomeados até o início do ano letivo. Os futuros docentes fazem parte de um grupo aprovado em concurso público em 2017. A chamada dos professores havia sido anunciada em outubro de 2018.
Ainda durante o ato de assinatura, a vice-governadora salientou que muitas vezes os professores representam o primeiro elo das crianças com a sociedade e uma referência para toda a vida.
Também na oportunidade, o secretário Natalino aproveitou para apresentar a sua secretária-adjunta, Carla Bohn, que atuará ao seu lado com o objetivo de melhorar a qualidade da educação e trazer mais inovação para as salas de aula.
“A expectativa maior é promover uma educação de excelência para os alunos da rede pública estadual e, em paralelo, proporcionar elementos facilitadores ao trabalho docente, com auxílio de novas tecnologias”, destacou a secretária-adjunta.
Números da SED
Atualmente, a SED possui 40.749 servidores ativos, sendo 36.674 destes professores, entre efetivos e temporários.